Sala de Imprensa

Competição vai estimular negócios inovadores no Amazonas

Publicado em: 15/03/2013

FITCoordenado pela Fucapi e com o apoio da Secti e Fapeam, evento terá mais de R$ 55 mil em premiação para os três melhores projetos

Transformar uma boa ideia em um negócio inovador não é tarefa fácil, principalmente no caso das micro e pequenas empresas, onde o capital para investimentos é reduzido. Para reconhecer e incentivar negócios inovadores no Estado será realizada a “1ª Competição de Planos de Negócios do Amazonas – J.G. Araújo”, que vai premiar três iniciativas locais de empreendimentos de base tecnológica. Coordenado pela Fucapi, o evento tem o apoio da Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti) e é financiado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Amazonas (Fapeam).

“Nossa intenção é reconhecer e apoiar, não apenas as ideias, mas iniciativas existentes ou que realmente possam ser viabilizadas. Alguns desses negócios, se estiverem de acordo com a proposta da nossa incubadora, poderão ser integrados e ainda receber o acompanhamento para continuarem crescendo”, afirmou o coordenador da Fucapi Incubadora de Tecnologia (FIT) e responsável pelo evento, Euler Guimarães.

As inscrições e o regulamento para concorrer às premiações em dinheiro estão disponíveis aqui. A premiação será de R$ 30 mil para o primeiro lugar; R$ 15 mil para o segundo e R$ 10 mil para o terceiro, com as devidas deduções tributáveis. Poderão se inscrever universitários (a partir do 6º período) e graduados das áreas de Engenharia, Ciência da Computação, Ciências Agrárias e Biológicas que tenham idéias para negócios inovadores e de base tecnológica.

A diretora-presidente da Fapeam, Maria Olívia Simão, destaca a importância da inovação para o empreendedorismo no Estado. “A Fapeam, como componente do sistema de Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado, apoia não apenas a criação de novos negócios, mas o empreendedorismo com inovação. Queremos trazer essa cultura para as micro e pequenas empresas do Amazonas. Sabemos que a inovação envolve riscos, principalmente na pequena empresa, negócio que tem um capital muito reduzido para investir. Porém, se não inovam, essas empresas podem ser rapidamente eliminadas do mercado por outras que fazem alguma coisa similar e conseguem realizar algum incremento. É por isso que além da política de incentivos, por meio de vários programas, apoiamos também a realização de eventos como esse”.

De acordo com o regulamento, os 12 melhores planos selecionados serão conhecidos no dia 19 de julho.  Após essa fase, eles receberão orientação e acompanhamento para passarem pela etapa de avaliação final. A avaliação e premiação dos três melhores projetos estão previstas para o dia 20 de setembro.

A homenagem

Todos os anos, a competição de Planos de Negócios vai homenagear uma personalidade empreendedora. Joaquim Gonçalves Araújo (1860-1940), conhecido como Comendador J.G. Araújo, foi um abastado comerciante português que se radicou em Manaus. Além de lidar com o comércio varejista, ele estabeleceu na cidade indústrias de processamento de borracha e castanha.

Regulamento da Competição de Planos de Negócio

Ficha de Inscrição